Home » Esporte » Vale do Paraiba » Com arquitetura de castelo, igreja de frente para o mar atrai turistas no litoral norte de SP

Com arquitetura de castelo, igreja de frente para o mar atrai turistas no litoral norte de SP

Uma igreja, com arquitetura de castelo, erguida de frente para o mar na montanha tem atraído turistas a Ubatuba, no litoral norte de São Paulo. A capela Nossa Senhora de Fátima, conhecida como ‘Castelo dos Arautos’, fica na praia do Pulso. (veja vídeo acima)

O local, que ocupa uma área de mais de 9 mil metros quadrados, é também um mosteiro mantido pelos freis, que abre ao público somente aos domingos – a visitação é gratuita. A construção suntuosa foi feita nos moldes da arquitetura medieval

A congregação dos arautos, responsável pela igreja, foi fundada no Brasil no século 21 – e professa a fé católica. Hoje, ela está presente em mais de 70 países.

Além de admirar a paisagem, o mar e a estrutura do castelo, quem visita a ‘igreja castelo’ pode participar das missas, que são celebradas com cantos gregorianos, acompanhamento de piano e quase todas rezadas em latim.

Aos poucos os turistas vão descobrindo o ponto turístico e ficam encantados pelos detalhes. “A arquitetura desse lugar, os vitrais, toda a cerimonia. É tudo simplesmente incrível”, disse a assistente executiva, Cássia Cassola.

A capela principal, onde ocorrem as missas, chama atenção pela beleza. O dinheiro para construir e manter o local vem por meio de doações.

“Para nós tudo deve ser apresentado a refletir as belezas de Deus. Aqui era uma residência destinada a estudo, oração e recolhimento. Nós tínhamos aqui as nossas missas, mas o público foi se manifestando curioso sobre as atividades aqui realizadas e aos pouquinhos fomos abrindo a visitação. É um centro turístico e de peregrinação”, afirmou o padre Carlos Adriano dos Reis.

 No pátio há outra capela, menor, que segue o mesmo estilo da outra. Entre as obras expostas, está uma imagem de Nossa Senhora esculpida pelos índios do Equador e um quadro de São José que veio do Peru.

A enfermeira Marli Nunes mora em Caraguatatuba, mas conta que vai com frequência ao castelo desde que foi aberto ao públio – há cinco anos. “A gente se sente muito bem, então já virou uma rotina. Cada vez que viemos participar, saímos ainda mais abençoados”, explicou.

 
 
 

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto:
WpCoderX