Dia do desafio

Dia do desafio

O Dia do Desafio, tradicional evento que reúne milhares de pessoas distribuídas pelo mundo em torno do incentivo à prática regular de atividades físicas e esportes, chega em 2017 à sua 23ª edição. Sob coordenação do Sesc SP no continente americano desde 2000, neste ano o Dia do Desafio ocorrerá em 31 de maio, quarta-feira, em aproximadamente 3 mil cidades e em 18 países, numa competição saudável para ver qual delas mobiliza mais pessoas para prática de atividade física.

Atenta às mudanças de hábitos, de relações de convívio e da sociedade de uma forma geral, essa edição do Dia do Desafio propõe uma forma de participação mais ativa e engajada, além da competição entre as cidades. A ideia é que pessoas que já tenham o hábito se mexerem, influenciem e desafiem amigos e familiares a lhe acompanhar. E para aqueles que buscam um motivo para mudar de hábito, encare este desafio.

Para tanto, aqui no Brasil, o Sesc e seus parceiros promovem uma série de atividades da 0h até às 21h no dia 31 de maio. A programação prevê caminhadas; passeios ciclísticos; jogos e brincadeiras; recreação para crianças, adultos e idosos; demonstração e vivências de modalidades esportivas tradicionais, como futebol, vôlei, handebol e diversas outras atrações, além das ações feitas em empresas (como, por exemplo, a ginástica) e as atividades praticadas nas escolas e nas academias. Cada participação conta ponto para o resultado final das cidades.

Vale ressaltar que além da disputa entre municípios, o evento contará também com a categoria “Autodesafio”, em que a cidade tem o desafio de superar o número de participantes da edição anterior.

“O Sesc realiza o Dia do Desafio desde 1995. Em que pesem as mudanças sociais ocorridas no período, a busca pela mobilização da sociedade por meio da atividade física apresenta-se como ocasião inspiradora para que o movimento seja cada vez mais inserido como prática cotidiana dos habitantes”, ressalta Danilo Santos de Miranda, diretor regional do Sesc São Paulo. “Para a efetividade dessa mobilização, a aproximação com as prefeituras e instituições dos diversos setores oferece laços para a colaboração mútua, que reverberam em benefícios para a sociedade em geral”.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.