Home » Geral » O candidato sem Facebook que pode chegar à Presidência

O candidato sem Facebook que pode chegar à Presidência

No dia 7 de abril, o ex-ministro do STF Joaquim Barbosa quebrou um silêncio de quase um ano na sua conta no Twitter. Escreveu em uma linha curta que tinha feito um comunicado em sua página no Facebook. Como não tinha link, deixou para seus seguidores o trabalho de procurá-lo na rede social, uma tarefa inglória. Das várias páginas com seu nome, nenhuma parece ser sua. A única com um comunicado conta hoje com 11 seguidores – o texto ali publicado em 11 de abril até faz sentido, mas a conta não é verificada e não é possível ter certeza de que o texto realmente foi escrito pelo ex-ministro.

Esse pequeno desencontro de comunicação diz muito da razão para o desempenho de Barbosa na última pesquisa Datafolha ser apontado como a grande surpresa do momento. O ex-ministro não teve quase nenhuma exposição na mídia nos últimos meses. Não está em pré-campanha declarada. Não é fenômeno nas redes sociais. Nem arrasta multidões para eventos públicos.

Quase tudo que se publicou sobre Barbosa nas últimas semanas dizia respeito à negociação para sua filiação ao PSB. Ele aceitou assinar a ficha do partido sem nenhuma garantia de que teria apoio para ser candidato. E o partido aceitou seu pedido de filiação sem saber se ele mesmo quer entrar na campanha.

 

Deixe uma resposta

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto:
WpCoderX