Home » Politica » Planalto reconhece que fracasso de agenda positiva consolida impopularidade recorde de Temer

Planalto reconhece que fracasso de agenda positiva consolida impopularidade recorde de Temer

A pesquisa Datafolha que apontou a gestão do presidente Mcihel Temer avaliada como boa ou ótima por apenas 6% não surpreendeu integrantes do Palácio do Planalto.

A avaliação interna é que o fracasso de colocar uma agenda positiva para o governo acabou consolidando esse patamar recorde de desaprovação do governo Temer, na faixa dos 70%.

O que preocupa não é apenas o resultado isolado dessa pesquisa, mas o fato de que Temer vem num ciclo de desaprovação no patamar de 70% há vários meses.

Na avaliação de um auxiliar próximo de Temer, episódios sucessivos que colocaram o presidente na mira de investigações, inclusive com a prisão recente de três amigos, inviabilizam qualquer tentativa de recuperar a popularidade do governo.

Na véspera da Páscoa, o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF) determinou a prisão provisória do coronel Lima, do advogado José Yunes e do ex-ministro Wágner Rossi para coleta de depoimentos. A prisão durou 3 dias, da quinta-feira de Páscoa até o sabado.

Num primeiro momento o Palácio do Planalto tentou emplacar a pauta econômica, inclusive com a tentativa de aprovar a reforma da Previdência. Diante da resistência da base aliada, o governo mudou a estratégia e passou a concentrar todos os esforços na intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro.

Mesmo assim, o governo foi atropelado pela agenda negativa das investigações, não só do caso da empresa Rodrimar, como também da decisão do Supremo de resgatar a investigação do repasse de R$ 10 milhões da Odebrecht para o MDB.

Para interlocutores de Temer, há um reconhcimento de que a desaprovação recorde traz uma dificuldade a mais para ele disputar a reeleição.

“Mas isso não será um impeditivo. Temer precisa entrar na disputa para defender o seu legado”, disse ao blog um ministro do governo.

 

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto:
WpCoderX